null
Destaque Notícias Tecnologia

UFRJ oferece curso para uso de ferramentas de inclusão de deficientes

Formação em ferramentas criadas pela própria universidade é gratuita

Ilha do Governador(RJ) - 19/06/17 - Educavßv£o - Tecno Assist, curso de tecnologia assistiva a pessoas com deficiv™ncia. UFRJ. Foto: Eduardo Uzal / Agv™ncia O Globo - eduardouzal / fotos de eduardo uzal
Ilha do Governador(RJ) – 19/06/17 – Educação – Tecno Assist, curso de tecnologia assistiva a pessoas com deficiência. UFRJ. Foto: Eduardo Uzal / Agência O Globo – eduardouzal / fotos de eduardo uzal

RIO – A acessibilidade está no foco. O avanço tecnológico da população, cada vez mais dependente de celulares e computadores, não está apenas abrindo portas, como criou desafio e oportunidade para a inclusão de quem tem necessidades especiais. Foi pensando nisso que os professores e pesquisadores do Laboratório de Tecnologia Assistida da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desenvolveram cursos para formar gente capacitada a utilizar tecnologias de inclusão como o DosVox, que permitem a pessoas com deficiência visual navegarem na internet.

José Antônio Borges, um dos professores responsáveis por desenvolver a tecnologia, afirma que a demanda por este tipo de formação tem surpreendido a equipe.

— Nós criamos as ferramentas. O DosVox tem mais de cem mil usuários no mundo. Mas nos últimos anos temos focado parte substancial dos nossos esforços no ensino. Para se ter uma ideia, quando abrimos um curso para formação no uso de uma dessas tecnologias, tínhamos a expectativa de ter de cem a 200 vagas preenchidas. Mas houve dois mil inscritos em uma semana e meia e tivemos que encerrar — diz Borges.

O professor afirma que a demanda está obrigando a equipe a rever a forma de dar as aulas para que o número de alunos possa ser ampliado. Atualmente, são todas on-line e gratuitas. No segundo semestre será oferecida uma nova edição do curso para utilização de softwares para deficientes. Segundo ele, já há mais inscrições do que vagas.

Ensino. Borges (ao centro) entre dois professores: procura pelos cursos superou as expectativas do núcleo - eduardouzal / Agência O Globo
Ensino. Borges (ao centro) entre dois professores: procura pelos cursos superou as expectativas do núcleo – eduardouzal / Agência O Globo

Borges afirma que quem busca incrementar o currículo pode se beneficiar das aulas. O professor destaca que este tipo de formação ainda é raridade.

— É uma forma de qualificação extremamente valorizada. Não tenho números em mãos, mas o que posso dizer é que muitas pessoas que fizeram o curso tiveram ganhos financeiros. São professores que têm aumento de salário por estarem capacitados a ensinar a usar essas ferramentas para pessoas com deficiência — afirma ele. — Poucos lugares oferecem este tipo de formação. E, quando oferecem, é caro.

No próprio laboratório há uma usuária da tecnologia: a relações públicas da unidade, Daniela Tavares, que tem visão reduzida.

— Há 15 anos, as pessoas não estavam na rua. Ficavam em casa, por falta de inserção no meio social. A tecnologia pode ajudar a facilitar este processo. Se eu não soubesse usar as ferramentas, não teria continuado meus estudos e não seria hoje formada em Comunicação pela UERJ — explica Daniela.

 

Por: FÁBIO TEIXEIRA 27/06/2017 4:30
Fonte: https://oglobo.globo.com/rio/bairros/ufrj-oferece-curso-para-uso-de-ferramentas-de-inclusao-de-deficientes-21509046 (Acesso em 21/07/2017)

Receba as edições impressas da Revista PCD na sua casa!

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro das novidades!

Quer receber as novidades sobre o universo PCD no seu e-mail? Cadastre-se abaixo: