null
Destaque Empregabilidade Inclusão Social Notícias

Contratação de pessoas com deficiência cresce 173,5% em Piracicaba, SP

Robson de Souza Costa: 'exerço uma função como uma pessoa normal'. (Foto: Ronaldo Oliveira/ Reprodução EPTV)
Robson de Souza Costa: ‘exerço uma função como uma pessoa normal’. (Foto: Ronaldo Oliveira/ Reprodução EPTV)

A contratação de pessoas com deficiência em Piracicaba (SP) cresceu 173,5% nos primeiros sete meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2016. De janeiro a julho de 2017, a indústria e o comércio da cidade admitiram 93 pessoas, 59 a mais do que no ano passado, quando ocorreram 34 contratações. Os dados foram enviados ao G1 pela Prefeitura.

Apesar da “explosão” de admissões, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi), Paulo Roberto Checoli, afirma que ainda há “uma grande jornada pela frente” para que as empresas proporcionem igualdade para estes trabalhadores.

“[Há] uma necessidade de criarmos todo um ambiente favorável de acesso de suas residências até as empresas, das empresas se adaptarem e se prepararem para o acolhimento dentro do ambiente com acessibilidade, bem como no relacional”, aponta o presidente da Acipi.

O maior crescimento foi de contratações de pessoas com deficiência física. De janeiro a julho de 2016, foram admitidos 13 trabalhadores, contra 36 nos meses deste ano. O auxiliar de produção Robson de Souza Costa trabalha em uma fábrica de papéis e afirma que, apesar de ter perdido parte da mão esquerda, realiza sua função sem problemas.

“Eu sofri [passei por] todas as etapas de admissão como uma pessoa normal e exerço uma função como uma pessoa normal”, contou o trabalhador, que perdeu parte da mão há mais de 20 anos em um acidente de carro.

Presidente da Acipi, Paulo Roberto Checoli, enalteceu o crescimento da contratação de pessoas com deficiência. (Foto: Divulgação/Acipi)
Presidente da Acipi, Paulo Roberto Checoli, enalteceu o crescimento da contratação de pessoas com deficiência. (Foto: Divulgação/Acipi)

Lei de cotas

A coordenadora do Centro de Apoio ao Trabalhador (CAT) de Piracicaba, Luciana Góes, afirma que o crescimento se deu pelo aumento da fiscalização sobre a Lei de Cotas. Por esta norma, empresas com mais de 100 funcionários devem ter de 2% a 5% do quadro de trabalhadores preenchido por pessoas reabilitadas ou com deficiência.

O presidente da Acipi ressalta para a importância da empresa ficar atenta à inserção deste trabalhador. “ Ainda temos uma grande jornada pela frente para que não seja apenas para o cumprimento de cotas, mas, sim, uma condição plena de igualdade”, disse Checoli.

Apesar da ressalva, Checoli enaltece este crescimento. “Do ponto de vista econômico, esse processo é positivo, pois estimula a circulação da renda. Afinal, quanto mais pessoas estiverem exercendo atividades remuneradas mais aquecida será a economia”.

Crescimento em todo o estado

O aumento das contratações em Piracacicaba acompanha o crescimento estadual neste segmento. Como mostrou a EPTV, afiliada da TV Globo, no primeiro semestre deste ano foram admitidos 1068 trabalhadores com algum tipo de deficiência, contra 630 no mesmo período de 2016. Reveja a reportagem aqui.

 

Por: G1 Piracicaba e Região 22/08/2017 19h35 Atualizado há 1 hora
Fonte: http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/contratacao-de-pessoas-com-deficiencia-cresce-1735-em-piracicaba-sp.ghtml (Acesso em: 22/08/2017)

Receba as edições impressas da Revista PCD na sua casa!

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro das novidades!

Quer receber as novidades sobre o universo PCD no seu e-mail? Cadastre-se abaixo: