null
Acessibilidade Arte Destaque Inclusão Social Notícias

Jovem de São Carlos é selecionado para ir ao Malawi ensinar música para deficientes

Gabriel dos Santos foi selecionado para participar do Move (Musicians and Organizers Volunteer Exchange), programa de intercâmbio para músicos

Gabriel dos Santos é um dos selecionados para o intercâmbio do Move (Foto: Divulgação/Projeto Guri)
Gabriel dos Santos é um dos selecionados para o intercâmbio do Move (Foto: Divulgação/Projeto Guri)

Morar em outro país e ensinar o que mais gosta de fazer a outras pessoas. Essa será a realidade nos próximos dez meses de um jovem de São Carlos (SP) que foi selecionado para participar do Move (Musicians and Organizers Volunteer Exchange), programa de intercâmbio para músicos, no Malawi.

Gabriel Fabiano dos Santos, de 18 anos, estudou violoncelo durante seis meses no polo regional do Projeto Guri em São Carlos e participou do grupo de referência da unidade, Big Band. Atualmente, o jovem estuda licenciatura em música na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e seu principal instrumento é o piano .

O rapaz embarca para o país africano no dia 12 de agosto e, durante o intercâmbio, pretende implantar um projeto de música com deficientes.

“Pretendo levar a reflexão de que uma pessoa deficiente é um indivíduo social que merece ser tratado com os mesmos direitos que qualquer pessoa e fazer parte de todo e qualquer meio, usando, para esses fins, a música como ferramenta”, disse ele ao G1.

Paixão pela música

Santos contou que a música sempre permeou sua vida e o os paise sempre o incentivaram a seguir carreira musical. “Não vivo sem e fico extremamente realizado por ter minha vida girando em torno da música”, afirmou.

O estudante disse que após participar das duas primeiras etapas de seleção do projeto Move aguardou o resultado sem muitas expectativas.

“Quando recebi a ligação, comecei a tremer. Reconheci a voz da coordenadora de projetos especiais e, ao receber a notícia, me emocionei demais. Chorei e pulei de alegria assim que desliguei”, contou.

Gabriel dos Santos é um dos selecionados para o intercâmbio do Move (Foto: Divulgação/Projeto Guri)
Gabriel dos Santos é um dos selecionados para o intercâmbio do Move (Foto: Divulgação/Projeto Guri)

Projeto

Questionado sobre como decidiu realizar um projeto com deficientes, o jovem relatou que na sua turma do Projeto Guri havia um deficiente visual e que percebia as dificuldades do educador em querer evoluir todos os alunos, sem deixar ninguém para trás.

“Me interessei nos problemas em relação ao ensino de música para deficientes visuais e, mais especificamente, na musicografia desenvolvida para eles. Ali começou meu interesse e foi aprofundando através de trabalhos que fiz sobre o tema na faculdade”, declarou.

O jovem disse ainda que, durante o pré-curso que participou para o intercâmbio, surgiu a curiosidade sobre o envolvimento de deficientes no mundo da música em Malawi.

“Percebi que o assunto não é muito tratado por lá. Pretendo, então, desenvolver atividades que integrem os deficientes no meio da música e que gerem a reflexão necessária sobre o tema”, justificou.

Mais do que trabalhar com a questão do deficiente na sociedade, Santos pretende desenvolver projetos que combatam o machismo. “Sempre com muita cautela, tendo em mente que não irei mudar tudo num piscar de olhos, mas sim, que posso semear uma reflexão que talvez gere mudanças”, afirmou.

Jovens brasileiros que foram selecionados para o intercâmbio do Move (Foto: Divulgação/Projeto Guri)
Jovens brasileiros que foram selecionados para o intercâmbio do Move (Foto: Divulgação/Projeto Guri)

Intercâmbio

O Move foi criado pela organização parceira JM Norway e promovido no Brasil pela Amigos do Guri, uma das gestoras do Projeto Guri, maior programa sociocultural brasileiro, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Além de Santos, outros cinco brasileiros participarão do programa de intercâmbio. Os jovens serão divididos em três duplas e irão viajar para Noruega, Malawi e Moçambique.

Os músicos embarcam no dia 12 de agosto e durante os quinze primeiros dias participarão de um processo de capacitação em Oslo, na Noruega. O período de integração tem a intenção de preparar o grupo para entender melhor a sociedade onde atuarão como voluntários e conhecer os conceitos que estruturam o Move e a FK Norway. Após essa imersão, cada dupla seguirá seu destino.

*Sob supervisão de Fabio Rodrigues, do G1 São Carlos e Araraquara.

 

Por: Ana Marin*, G1 São Carlos e Araraquara
Fonte: http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/jovem-de-sao-carlos-e-selecionado-para-ir-ao-malawi-ensinar-musica-para-deficientes.ghtml (Acesso em: 31/08/2017)

Receba as edições impressas da Revista PCD na sua casa!

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro das novidades!

Quer receber as novidades sobre o universo PCD no seu e-mail? Cadastre-se abaixo: