null
Inclusão Social

Projeto Inclui CIEE participa pela primeira vez da Feira do Estudante

Evento aconteceu na capital paulista e teve como foco a capacitação de jovens para o mercado de trabalho e o convívio com as diferenças

Com o objetivo de orientar, tanto os jovens que ainda vão entrar na faculdade quanto os universitários que já estão em busca de estágios e oportunidades no mercado de trabalho, sobre a importância da inclusão e do convívio com as diferenças, o projeto Inclui CIEE esteve presente pela primeira vez na 21ª Feira do Estudante – Expo CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), que ocorreu no Pavilhão da Bienal do Parque do Ibirapuera, em São Paulo/SP, de 25 a 27 de maio.
Para a analista de Diversidade e Inclusão do Inclui CIEE, Cristiane Leão, a experiência foi positiva, uma vez que foi possível destacar aos jovens que há espaço para todos, lembrando-os que as pessoas com deficiência existem e serão seus concorrentes ou colegas de profissão no futuro. “A procura por vagas de estágio foi grande no nosso estande. A Prefeitura de São Paulo também registrou e realizou processos seletivos durante a feira para estudantes com deficiência”, conta.
Os três dias de evento coincidiram com a greve dos caminhoneiros, anunciada no dia 18 de maio, contra a política de preços da Petrobras, paralisando o Brasil, entre outras medidas, com o desabastecimento de combustível e linhas de ônibus reduzidas. Apesar de a Feira do Estudante ter sofrido impacto na movimentação, com somente 60 expositores e 11.105 visitantes, números considerados baixos em relação às edições anteriores, o Inclui CIEE conseguiu passar a mensagem de que a diversidade nunca esteve tanto em evidência como nos dias atuais.
De acordo com Cristiane, para gerar conhecimentos e aprofundar os jovens em temas considerados contemporâneos, o CIEE contou com atrações artísticas, desafios tecnológicos e diversas palestras, com os mais renomados oradores, acontecendo ao mesmo tempo. “Com duração de 40 minutos cada, os quatro auditórios da bienal estavam sempre lotados. E todos os dias tivemos palestras sobre pessoas com deficiência e o mundo do trabalho, para plantar uma sementinha na cabeça de cada um”, finaliza.

Revista Universo PCD, Cavenaghi e Supereficiente apresentam atrações inclusivas durante a feira
A Revista Universo PCD é parceira do Projeto Inclui CIEE e participou da Feira do Estudante levando informações para os jovens sobre inclusão e acessibilidade. Para garantir boas atrações e informação de qualidade, convidou a Cavenaghi, líder brasileira em adaptações veiculares, que apresentou o Pegasus, uma Ecosport adaptada, com assoalho rebaixado, rampa e porta traseira automatizadas, no qual o motorista com deficiência pode entrar e sair do carro em sua própria cadeira (sem a necessidade de transferência para o banco do motorista).
O veículo, como não poderia deixar de ser, chamou a atenção dos jovens, que descobriram a importância de tecnologias assistivas para facilitar o dia a dia das pessoas com deficiência e garantirem o direito de ir e vir, mostrando que inclusão plena é possível.

Outra parceira importante nesta empreitada foi a Supereficiente, empresa especializada no desenvolvimento de material pedagógico adaptado, além de jogos acessíveis. Os visitantes puderam conhecer alguns dos jogos de tabuleiro inclusivos, desenvolvidos para interação entre jogadores com e sem deficiência, amplamente utilizados em processos de reabilitação, educação inclusiva e ambientes corporativos.
No estande, o CIEE aproveitou para distribuir material informativo sobre a inclusão de jovens com deficiência no mercado de trabalho, através dos estágios e capacitação profissional.
“Não era um evento voltado especificamente para o público com deficiência, mas uma feira onde jovens e estudantes buscavam informações sobre capacitação e oportunidades de um futuro melhor, independente de classe social ou deficiência. Isso é inclusão! Não existe lugar melhor para falar sobre acessibilidade, diversidade e respeito à diferença do que um evento onde jovens estão reunidos. Eles serão responsáveis por construir um país mais justo e inclusivo no futuro”, afirma Denis Deli, editor da Revista Universo PCD.

“Vale destacar a iniciativa do CIEE, que se dispôs a fazer um trabalho sério e mudar a história destes jovens. Também precisamos citar as empresas que participaram desta empreitada e se dispuseram a cumprir um importante papel social. No final das contas, foi grande o número de pessoas que buscaram informações e disseram ter familiares ou amigos próximos com deficiência, para os quais iriam passar todas as informações que receberam na feira”, finaliza Denis.

SERVIÇO: Até o final de 2018, a Expo CIEE terá mais três edições: São José dos Campos/SP, Sorocaba/SP e Fortaleza/CE serão os próximos destinos.
Quer saber mais? Acesse: www.ciee.org.br/portal/institucional/

 

Receba as edições impressas da Revista PCD na sua casa!

Newsletter

Cadastre-se e fique por dentro das novidades!

Quer receber as novidades sobre o universo PCD no seu e-mail? Cadastre-se abaixo: